domingo, 26 de abril de 2015

Canta a ausência, de Cléa Marsiglia


Canta a ausência


Canta a ausência
nos ramos de tília.
Falta a lembrança
pelo macio das rosas.
Sussurra a voz
pela brisa dos campos.
Maior é meu silêncio
quando chegas
e fazes presença
deste amar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do poema ou da postagem? Deixe aqui sua opinião.

Diga o que achou do blog ou de algum poema. Agradecemos desde já seu contato.

Nome

E-mail *

Mensagem *